Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Carta aos ventos

Zé,
Aquela dor que machucava forte meu peito a cada vez que olhava uma foto tua, está desaparecendo. Não que eu não a sinta mais, creio que sempre haverá restos dela por parte do meu corpo. Mesmo que a ferida sare, sempre restam as cicatrizes, não é mesmo? E você sabe como eu gosto de cutuca-la só para ver se ainda dói. E ainda dói. Mas a dor já me permite sorrir, agora já consigo ser quase feliz ao lembrar-me de ti. Admirando assim a tua foto, sorrio ao saber que um dia fui o foco dos teus olhos, que um dia eles olhavam apenas para mim. Ver você sorrir assim, como se estivesse sorrindo para mim, me faz feliz ao saber que um dia toda a sua felicidade foi depositada em mim. Eu passo de leve meus dedos sobre teu rosto e é como se eu pudesse te sentir. Quase. Tivemos tantos pontos finais que quase se tornou reticencias. Tenho pra mim que nossa historia ainda não terminou, que um dia, quem sabe, entre os cantos dos pássaros, em uma tarde de domingo, talvez, a gente volte a se encontrar. Se…

O sorriso que se apagou

Eu a vi, ela estava tão diferente.
Tão triste e tão só, tão carente.
Ninguém sabia o que acontecia em seu interior, ela fingia que também não.
Foi estranho, pois ela era feliz e entristeceu.
A menina que me fazia sorrir chorou.
Ela falava tanto e se calou.
Mas antes do silêncio, ela gritou.
Gritos que jamais foram ouvidos.
Ninguém suspeitava da dor que levava em seu coração.
Ela tinha muitos amigos, mas hoje precisa escrever pra não se sentir só.
No começo todos sentiram a sua falta,
Ligavam perguntando o que aconteceu, todos iam atrás.
Eles se preocupavam.
Porém, desistiram rápido demais dela.
E talvez o que ela precisasse fosse de alguém que não desistisse,
Talvez ela se afastasse só pra ver quem a esperaria.
Mas ninguém esperou.
Ninguém estaria ali se ela voltasse.
E ela não voltou.
Continuou ali: triste, só e carente. Tão frágil, coitada.
Não tinha ninguém mais para machucá-la.
Mas não tinha ninguém mais para curá-la
E continuou ali, tão triste, tão só, tão carente, tão frágil, coitada, sem ninguém.

(R…

O caminho de volta pra casa

Eu errei o caminho e agora toda a minha vida está uma bagunça. Eu me perdi da trilha certa, mas, por mais que eu me perca, por mais que erre os caminhos, o meu destino ainda é o mesmo. Não importa quanto tempo demore ou quantas coisas tenhamos que enfrentar – por mais que doa, por mais que machuque. Apenas siga em frente, certo? Não tente voltar para achar o caminha de casa, apenas olhe para frente, querido, e eu estarei lá. Está inverno, enfrentaremos muitas tempestades durante o caminho, mas lembre-se que tivemos uma primavera, lembre-se que um dia o sol já brilhou para nós. E não desista, querido. Cada lágrima valerá a pena quando nos encontrarmos na estrada. Caminharemos até o pôr-do-sol de mãos dadas, como um dia já caminhamos. Eu fui para a direita, você para esquerda. Eu desci quando deveria ter subido e você pegou um atalho que apenas dificultou nossa caminhada. Mas o nosso destino é o mesmo, querido, e se apenas continuarmos em frente nos alcançaremos. Talvez encontremos algu…

Um balde de palavras frias.

Me diz que você já não gosta mais tanto assim de mim, que as feridas que te causei foram fortes demais e todo aquele sentimento escapou pelos buracos que fiz em teu coração. Talvez assim eu consiga te deixar partir, abrir mão dessa sensação boa que você me traz. Me diz assim sem pena, sem medo de me machucar, me diz e eu paro de insistir. Porque você grita me pedindo para te soltar, mas é difícil quando teus olhos imploram o contrario, alegando que precisa dos meus carinhos. Então, se quer partir, preciso que pare com a voz doce. Diz que já não é meu abraço que você quer, que tudo o que vivemos se tornou apenas uma lembrança qualquer. Diz e eu paro. Grita para eu acreditar, joga palavras frias que me acordem desse sonho bom. Pois ainda sonho que estamos juntos. Te vejo assim de longe, te admiro e te desejo. Te vejo partindo enquanto eu grito “não vai, fica ou me leva junto”. Acho que se você soubesse do que eu sinto, ainda estaria aqui. Acho que não demonstrei bem... ou não seria prec…

Garotinho

Você queria alguém para pegar na mão quando tivesse com medo. Alguém que te ligasse preocupado e viesse correndo te fazer uma sopa quando você estivesse doente. Aquele alguém que estaria ali até quando não estivesse. E apareceram uns, alguns, milhares, todos com muitas qualidades, mas eram aqueles poucos defeitos ausentes que você procurava. Porque você não queria só alguém para te mimar. Na verdade, você queria alguém que partisse - só para que você sentisse aquela saudade, para que a lua ganhasse significados particulares, para que seus pensamentos ficassem ocupados durante o tempo todo – mas que voltasse em breve e te enchesse de abraços. Porque não bastaria alguém que te fizesse sorrir, as lágrimas são essenciais também e você procurava alguém que as enxugassem se as fizesse cair. Formaram-se uma fila de rapazes perfeitos para tentar conquistar o coração daquela garota que não tinha nada de especial. Vieram poetas que lhe falaram as palavras mais lindas, vieram também os composito…
Hoje voltarei para casa sozinha
Sem uma mão para segurar a minha.
Voltarei, agora, para a cama,
Que antes, com você, era tão segura,
Agora está cheia de barulhos e me engana,
Só me enche de medo.
A noite que antes eu tanto esperava
Hoje me deixa apavorada, Porque já não te tenho para me proteger do perigo.
E eu acordo sozinha desejando você aqui
Querendo de volta o meu sorriso,
Eu esqueceria os medos e as sombras,
Tudo seria mais tranquilo e bonito.
Te vejo de longe dançando sozinho na escuridão,
E você não imagina como dói meu coração,
Pois agora chove e chove
E antes isso era bom, pois era quando os anjos se encontravam,
As nuvens choravam de emoção, se lembra?
Mas você está machucado,
E eu não queria te fazer sofrer,
Acredita em mim, eu esperava te fazer feliz,
Te peço perdão por só ter te trago a dor,
Suas lágrimas me fazem chorar também.
Acredita em mim, te peço.
Você na sua nova cama, a minha é aquela antiga,
Seus pensamentos são novos e o meu é sempre você.
Mas eu tive minha chance
Talvez seja egoísmo me…